Postisite_06-10-14.fw

Quais são os alimentos ideais para ter um coração saudável?

Postado em

Os hábitos alimentares interferem, e muito, na prevenção de problemas do coração.  Uma alimentação rica em gorduras e açúcares associada à falta de exercícios físicos é a fórmula para a obesidade. O excesso de peso pode gerar males, como a hipertensão, o colesterol alto, a diabetes e as doenças cardíacas.

Com relação à alimentação, mudanças simples podem ajudar a prevenir problemas cardíacos, como a redução do consumo de sal, açúcar, gorduras saturadas e o aumento do consumo de frutas, verduras e grãos integrais. Há alguns alimentos com características específicas que protegem o coração. São eles:

- atum, sardinha, salmão e arenque, ricos em ômega 3;

- linhaça, soja e castanhas, auxiliam na redução do colesterol;

- azeite de oliva extra virgem, aumentam os níveis do bom colesterol (HDL);

- suco de uva, com antioxidantes;

- aveia, ajuda na redução dos níveis de colesterol e de açúcar no sangue;

- chá verde, protege as artérias do coração, mantendo-as flexíveis e relaxadas.

 Para quem não pode deixar o chocolate de lado, lá vai uma boa notícia. O tipo amargo é rico em polifenóis, que reduzem a pressão arterial e o risco de formação de placas de gordura nos vasos sanguíneos, além de aumentar a serotonina, neurotransmissor que diminui o nível de estresse. Mas, atenção, por ser calórico, é preciso moderar na quantidade. O ideal é consumir diariamente 20g, no máximo, e deve ser de no mínimo 60% cacau.

Para os decididos em mudarem a alimentação, é imprescindível lembrar que o consumo regular de frutas é indispensável. As frutas contêm propriedades antioxidantes e são ricas em fibras, o que diminui a absorção de gorduras e açúcares no intestino.

Hábitos alimentares saudáveis devem ser iniciados na infância e continuar por toda a vida, independente do histórico familiar de doenças cardíacas. Além disso, é necessário manter uma rotina de atividades físicas e realizar consultas periódicas. Todos esses cuidados ajudam a prevenir o aparecimento de doenças em geral, não somente cardiovasculares.

Fonte: Blog da Saúde

Imagem: Bigstock – By: Romario Ien