Orto_18-12-14_Site

Medicina Ortomolecular e Homeopatia:dose dupla de saúde!

Postado em

Equilibrar o organismo da forma correta. Esse é o princípio da medicina ortomolecular, que associada à prática da homeopatia poderá auxiliar ainda mais na prevenção de doenças, sobretudo as que configuram uma herança genética. Segundo pesquisas, a ‘carga genética’ que uma pessoa carrega para o desenvolvimento de doenças pode ser modificada com tratamento correto da prevenção.

O uso de vitaminas, sais minerais e outros nutrientes deficitários no organismo, como também a pesquisa da forma pela qual os alimentos são absorvidos, poderá determinar mudanças importantes na trajetória do desenvolvimento ou não de doenças pré-existentes, controle ou cura.

Vale ressaltar que a visão holística do paciente, junto aos recursos do uso de substâncias alquímicas e naturais, que já alcançaram novos patamares de desenvolvimento, são fatores que contribuem ainda mais para os melhores resultados nos tratamentos associados.

Priorizar a ingestão de peixes, ricos em Omega 3, restringir a ingestão de açúcares e farinha branca,  inserir frutas selecionadas, ter atividade física regular. Essas são algumas das dicas para melhorar o desempenho metabólico e diminuir a ação dos radicais livres. Já a homeopatia preconiza um tratamento global, e não apenas um sintoma ou uma doença. Essa prática induz à reação semelhante a de vacinas, ao introduzir no organismo uma informação similar as dos sintomas e queixas dos pacientes.

Quando associamos as duas práticas, objetivamos regularizar alterações metabólicas, proporcionando mais disposição e saúde. A prática Ortomolecular é usada tanto para criar o equilíbrio biomolecular do corpo como para restabelecer o equilíbrio químico do organismo.

 

Fonte: Jornal do Brasil

Imagem:Bigstock by nito