Como prevenir a obesidade infantil

Como prevenir a obesidade infantil

Postado em

A obesidade infantil afeta cada vez mais crianças e, por isso, é importante a prevenção para evitar complicações na adolescência e na vida adulta.

Sua prevenção envolve:

  • Boa alimentação da grávida, que deve dar preferência ao consumo de alimentos com baixo teor de gordura e de açúcar, evitando, por isso, alimentos industrializados
  • Amamentação do bebê exclusiva com leite materno até os 6 meses de vida;
  • Dar preferência ao consumo de frutas, legumes e carnes magras quando o bebê começar a alimentar-se com alimentos sólidos;
  • Evitar dar às crianças até os 2 anos de idade doces e alimentos ricos em gordura para experimentar. Este cuidado é importante para que a criança aprenda a gostar de alimentos naturais, que são mais saudáveis e têm um sabor menos intenso do que os industrializados.

Para que a criança aprenda a comer de tudo, os pais poderão introduzir novos alimentos semanalmente e, se a criança não gostar ou não aparentar muito interesse por ele, depois de alguns dias, voltar a dar o mesmo alimento.

Alguns pediatras defendem que os pais devem oferecer um alimento a uma criança por até 15 vezes mesmo que ela não goste e, assim, é possível que a criança passe a gostar daquele alimento.

Escola

Na escola é necessário que tenham mais opções saudáveis, como frutas, e menos opções de alimentos com muita gordura e açúcar.

A disponibilidade de alimentos condiciona a escolha das crianças, por isso, é importante ter opções saudáveis, como fruta, iogurtes e pão e reduzir a disponibilidade de bolos, bolachas, refrigerantes e batatas fritas, por exemplo.