Como Fazer A Dieta Ortomolecular Para Emagrecer

Como Fazer A Dieta Ortomolecular Para Emagrecer

Postado em

A Medicina Ortomolecular engloba várias práticas médicas diferentes, incluindo a dieta ortomolecular para emagrecer. A dieta ortomolecular é baseada na idéia de que o uso de substâncias que ocorrem naturalmente (como vitaminas, aminoácidos, oligoelementos, eletrólitos e ácidos graxos) podem prevenir e tratar doenças.

Os praticantes da dieta ortomolecular acreditam que um desequilíbrio de nutrientes específicos na dieta provoca várias doenças, como aterosclerose, câncer, esquizofrenia e depressão.


A dieta ortomolecular incorpora os princípios de introduzir os alimentos que o organismo usa melhor a fim de auxiliar a digestão, absorção e utilização.


É similar em muitos aspectos ao que é referido como a dieta dos caçadores-coletores, mas incorpora princípios que nos ajudam a sobreviver na vida do século 21.

Veja como fazer a dieta ortomolecular.

1. Controlar o açúcar no sangue e episódios de hipoglicemia.

A dieta ortomolecular preza por eliminar ao máximo episódios recorrentes de hipoglicemia (baixo açúcar no sangue) durante um longo período de tempo pode ser uma das maiores causas de diabetes, que, por sua vez, está “atrás”, ou pelo menos parte envolvida com a susceptibilidade às doenças degenerativas, incluindo a aterosclerose.

 

Um dos maiores estresses que você pode dar a si mesmo é a hipoglicemia. A síndrome de hipoglicemia (níveis elevados de açúcar no sangue caindo vertiginosamente a níveis muito baixos de açúcar no sangue) é comum em todo mundo e é uma das práticas de saúde mais prejudiciais possíveis, levando a diabetes e outras doenças degenerativas. (1 em cada 8 pessoas que morrem, morrem de diabetes.)

Ela resulta principalmente da ingestão de alimentos refinados. Isso eleva os níveis de açúcar no sangue rapidamente em seguida caindo vertiginosamente. O cardápio da dieta ortomolecular para emagrecer vai combinar os alimentos refinados (se você comê-los), com alimentos de digestão mais lenta, como carnes e gorduras (mas com cuidado), ou com alimentos fibrosos, como cenoura, brócolis, nozes, sementes ou queijos com baixo teor de gordura com doces… Ou uma cenoura com suco de frutas.

Melhor jeito de emagrecer com a dieta ortomolecular

Não comer carboidratos refinados sozinhos (como açúcar branco ou mascavo, doces, bolos, massas, arroz etc.) Eles causam um aumento rápido do açúcar no sangue e, em seguida, uma rápida queda (hipoglicemia).

Como se proteger: Se você comer carboidratos refinados, coma alguma proteína ou gordura com eles, por exemplo, queijo com um pedaço de fruta, nozes ou com doces, etc. Isto irá prevenir os seus níveis de açúcar no sangue de caírem vertiginosamente na faixa da hipoglicemia (um grande estresse em seu pâncreas e seu controle de açúcar no sangue).

Cardápio da Dieta Ortomolecular

2. Equilibre bioquimicamente a sua dieta para obter os alimentos mais ricos em nutrientes e os alimentos com menor risco de doenças cardíacas, derrame, câncer, diabetes e outras doenças degenerativas. Os melhores produtos hortícolas são: legumes cozidos com casca amarelos ou verdes.

As melhores carnes são: fígado, aves e peixe, em seguida carne vermelha com teor muito baixo de gordura. O fígado é um excelente alimento, o alimento mais rico em vitaminas, minerais e substâncias químicas de desintoxicação. As pessoas ficam surpresas ao saber que o fígado tem um papel desintoxicante.

Melhores frutas: todas as frutas frescas, com casca.

3. Coma cinco vezes por dia, com pequenas refeições e lanches entre as maiores, tudo antes de 07:00 da noite. Uma das maiores pressões sobre o sistema digestivo é sobrecarregá-la três vezes por dia. Em vez disso, dar-lhe pequenas quantidades ao longo do dia. Você não se sentirá estufado e nem com fome.

4. Inclua alimentos ricos em fibras em cada refeição.

5. Eliminar ou reduzir drasticamente os refinados, açucarados ou alimentos processados, como doces, biscoitos, bolo, frutas enlatadas, álcool, chips de batata.

6. Comer seus alimentos o mais frescos possível.

7. Tente comer uma porção de alimentos ricos em fibras, duas refeições por dia. Em seguida, aumentar esse número para três, depois quatro porções de fibra por dia.


Como você pode ver a dieta ortomolecular não é difícil e se feita corretamente ajudará você a evitar muitos problemas futuros advindos de uma dieta pobre.

Fonte: http://dietafacil.awardspace.com/dieta-ortomolecular.html